Verguia
Sexta, 10 de Julho de 2020 20:44
+55 69 9 8432 5660
Agro Negócios #Gafanhotos

Nuvem de gafanhotos volta a se movimentar próximo à fronteira do Brasil

Após terem saído do radar as autoridades argentinas, os animais reapareceram a 100 quilômetros da cidade de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

27/06/2020 10h53
Por: Redação Verguia Fonte: Canal rural
Foto: Hector Emilio Medina/ Reprodução Twitter
Foto: Hector Emilio Medina/ Reprodução Twitter

Buenos Aires, AR - O reaparecimento de uma nuvem de gafanhotos na Argentina que assustou produtores rurais, assim como entidades do governo do país, volta a preocupar por sua proximidade com a fronteira brasileira.

Neste sábado (27), o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina informou que os insetos voltaram a ser avistados em uma localidade afastada, a 100 quilômetros de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

As autoridades argentinas perderam a nuvem de vista na noite da última quinta-feira e a previsão de queda de temperatura e ventos fortes indicavam que os animais perderiam o poder de locomoção.

Agora, os insetos estão na região de Curuzú Cuatiá, provícia de Corrienes.

O Senasa confirma que a nuvem perdeu intensidade, mas indica que é preciso atenção.

“Em Corrientes foi possível reduzir a densidade da nuvem de gafanhotos através de um trabalho conjunto do governo de Corrientes e da Senasa. Após longos dias de busca das equipes da Senasa e da província de Corrientes, na (sexta, 26) foi possível encontrar a localização da nuvem, que ficava 90 km a oeste de Curuzú Cuatiá, em uma área de difícil acesso. A colaboração dos produtores da região é fundamental. Foram realizados tratamentos fitossanitários para reduzir a população de gafanhotos. As aplicações foram realizadas com um avião e estavam a cargo da Diretoria de Produção Vegetal da Província de Corrientes”, disse a entidade.

Com o enfraquecimento da nuvem e o trabalho feito com aviões e defensivos por parte dos argentinos, é pouco provável que os gafanhotos atravessem a fronteira com o Brasil, mesmo se os ventos e a temperatura contribuírem.

De qualquer maneira, o Ministério da Agricultura declarou estado de emergência fitossanitária no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina devido ao risco de surto de gafanhotos nas áreas produtoras dos dois estados.

Equipes do ministério e dos governos estaduais estão acompanhando a movimentação dos insetos e trabalhado em um plano de ação caso a nuvem chegue ao Rio Grande do Sul.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 21h29 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 32°

24° Sensação
7.9 km/h Vento
46.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (11/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Domingo (12/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias