Verguia
Segunda, 01 de Junho de 2020 21:06
+55 69 9 8481 8559
Religião #Artigo Cristão

Ordem, Ânimo e Força - Parte I

Três coisas que todo líder precisa receber

17/05/2020 00h45 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Verguia Fonte: Redação com Jormicezar Fernandes
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Dt 3.28 – ordens a Josué, e anima-o, e fortalece-o; porque ele passará adiante deste povo, e o fará possuir a terra que tu apenas verás.

Introdução

O discipulado cristão é a maior e a melhor escola de líderes do mundo, pois utiliza os métodos e as técnicas didático-pedagógicas do Grande Mestre e Instrutor por Excelência, Jesus Cristo. Seus alunos, inicialmente considerados as escórias do mundo, são transformados em honrados homens e mulheres, os mais abençoados de todos os seguimentos sociais já conhecidos, possuindo, desde já, a certeza da salvação e, no porvir, a vida eterna.

O ministério de Josué

O ministério de Josué depois da sua ordenação durou cerca de 40 anos. Iniciado logo depois da morte de Moisés, terminando somente com a sua morte, aos 110 anos. Pode-se dizer que foi um ministério profícuo e muito bem-sucedido. Esse ministério servirá de contínua lição para todos os obreiros que desejam ter um ministério abençoado e de resultado.

Razões da importância do discipulado cristão

O que faz do discipulado cristão o melhor centro educacional e do mundo é que, além de ter o Mestre dos Mestres por instrutor, utiliza o melhor material didático já conhecido na história da educação - a Bíblia Sagrada, ministrada sob a inspiração, orientação e aplicação do Espírito Santo. Ao iniciar o preparo do aluno, o Mestre faz nascer, crescer, florescer, frutificar e amadurecer em cada discípulo o amor verdadeiro, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fé, a mansidão e a temperança, responsáveis pela formação moral e espiritual de seus alunos que, nunca mais serão os mesmos, mas, sim, novas criaturas com poder de ação suficiente para influenciar o mundo inteiro com a sua nova forma de vida, At 17.6 - E, não os achando, trouxeram Jasom e alguns irmãos à presença dos magistrados da cidade, clamando: Estes que têm alvoroçado o mundo, chegaram também aqui.

De Oséias a Josué

Pouco se sabe sobre a infância, adolescência e juventude de Josué. Contudo, pode-se inferir que teve boa educação, como era o costume dos hebreus mais conservadores, mas o que fez a diferença em sua vida foi seu apego ao Senhor e a Moisés, na condição de discípulo. A primeira coisa que o discipulado cristão faz é dar uma nova perspectiva à identidade pessoal do discipulando, trocando, em alguns casos, até o seu nome. Isso não é por acaso, nem um fato isolado desprovido de sentido, mas tudo dentro de uma perspectiva divina de projetar na pessoa aquilo que Deus deseja que ela seja como pode ser visto no caso de Abrão para Abraão, de Sarai para Sara, de Jacó para Israel, de Simão para Pedro, de Saulo para Paulo, como bem aprouver ao Senhor. Josué, ao nascer, seus pais o chamaram de Oséias, mas quando entrou para o discipulado, Moisés trocou o seu nome para Josué.

Nm 13.8 - Da tribo de Efraim, Oséias, filho de Num; Nm 13.16 - Estes são os nomes dos homens que Moisés enviou a espiar aquela terra; e a Oséias, filho de Num, Moisés chamou Josué. O nome Oséias significa Salvação, ao passo que o nome Josué significa Jeová é salvação. Ao leitor mais atento a diferença não passa despercebida. Jamais Oséias conseguiria salvar o povo de Israel por si só. Logo, ele Josué, não poderia ser chamado de salvação nem de salvador. Com razão Moisés o chamou de Josué, para dizer que Jeová é Salvação, ou seja, tudo que Josué conquistaria, seria através de Deus e não dele próprio. Que a salvação de Israel viria do Senhor e não da habilidade de homem algum.

Custo do discipulado

Para suceder a Moisés naquele importante cargo de liderar a nação de Israel e de conquistar a terra prometida repartindo com eles a herança, não poderia ser qualquer pessoa, nem desprovido de preparo suficiente para tão nobre missão. Primeiramente tudo foi uma ação direta de Deus em o escolhê-lo, treiná-lo, capacitá-lo e comissioná-lo para tão nobre função, mas isso lhe custou:

1) aceitação do treinamento imposto;

2) desejo convertido em vontade prática;

3) aceitação das ordens e seus conectivos;

4) o abrir mão de suas próprias convicções ou conhecimentos;

5) renúncia da velha identidade;

6) seguir a orientação de Moisés;

7) aceitar as correções e as disciplinas próprias da natureza do treinamento; e por fim,

8) por em prática tudo o que aprendeu.

O menor transformado em maior

Efraim era o filho mais novo de José. Manasses era o primogênito e herdeiro natural da primogenitura. Entretanto, Deus via diferente e agradou-se transformá-lo no maior.

Gn 41.50-52 - E nasceram a José dois filhos (antes que viesse um ano de fome), que lhe deu Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om.

 51 - E chamou José ao primogênito Manassés, porque disse: Deus me fez esquecer de todo o meu trabalho, e de toda a casa de meu pai.

52 - E ao segundo chamou Efraim; porque disse: Deus me fez crescer na terra da minha aflição.

Gn 48.18 - E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça.

19 - Mas seu pai recusou, e disse: Eu o sei, meu filho, eu o sei; também ele será um povo, e também ele será grande; contudo o seu irmão menor será maior que ele, e a sua descendência será uma multidão de nações.

20 - Assim os abençoou naquele dia, dizendo: Em ti abençoará Israel, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs a Efraim diante de Manassés; dando a Josué o primado sobre Manassés e sobre as demais tribos, na condição de sucessor de Moisés.

Estágios do progresso ministerial de Josué

Em que pese já possuir mais de 20 anos ao sair do Egito e já possuir alguma experiência militar, contudo, ao vir para o ministério, começou na estaca Zero,

1) Acompanhante de Moisés - Josué iniciou como aprendiz, Êx 24.13 -

E levantou-se Moisés com Josué seu servidor; e subiu Moisés ao monte de Deus.

2) vigia da tenda da Congregação, Êx 33.11 - E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda.

3) servidor de Moisés, Nm 11.28 - E Josué, filho de Num, servidor de Moisés, um dos seus jovens escolhidos, respondeu e disse: Moisés, meu senhor, proíbe-lho. 4) guerreiro e comandante do exército de Israel (que não existia), Êx 17.8-15 - Então veio Amaleque, e pelejou contra Israel em Refidim.

9 - Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja contra Amaleque; amanhã eu estarei sobre o cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão. 10 - E fez Josué como Moisés lhe dissera, pelejando contra Amaleque; mas Moisés, Arão, e Hur subiram ao cume do outeiro.

11 - E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia.

12 - Porém as mãos de Moisés eram pesadas, por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pôs.

13 - E assim Josué desfez a Amaleque e a seu povo, ao fio da espada.

14 - Então disse o SENHOR a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus.

15 - E Moisés edificou um altar, ao qual chamou: O SENHOR É MINHA BANDEIRA. 5) príncipe e cabeça da tribo de Efraim, sua tribo, Nm 13.2-4,8 –

2 - Envia homens que espiem a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel; de cada tribo de seus pais enviareis um homem, sendo cada um príncipe entre eles.

3 - E enviou-os Moisés do deserto de Parã, segundo a ordem do SENHOR; todos aqueles homens eram cabeças dos filhos de Israel.

4 - E estes são os seus nomes:...; 8 - Da tribo de Efraim, Oséias, filho de Num;

6) espia da terra, Nm 13.1-4,8 - E FALOU o SENHOR a Moisés, dizendo:

2 - Envia homens que espiem a terra de Canaã, que eu hei de dar aos filhos de Israel; de cada tribo de seus pais enviareis um homem, sendo cada um príncipe entre eles.

3 - E enviou-os Moisés do deserto de Parã, segundo a ordem do SENHOR; todos aqueles homens eram cabeças dos filhos de Israel.

4 - E estes são os seus nomes: Da tribo de Rúben, Samua, filho de Zacur;

8 - Da tribo de Efraim, Oséias, filho de Num;

7) servo do Senhor - Js 24.29 - E depois destas coisas sucedeu que Josué, filho de Num, servo do SENHOR, faleceu, com idade de cento e dez anos.

Jz 2.8 - Faleceu, porém, Josué, filho de Num, servo do SENHOR, com a idade de cento e dez anos;

Oração de Moisés por um sucessor

A sucessão ministerial não é algo fácil. Moisés quando soube que seria chamado à eternidade com o Senhor, muito se preocupou com o andamento da obra que havia iniciado, temendo que o projeto viesse a se perder, pelo que orou ao Senhor dizendo:

Nm 27.15-17 - Então falou Moisés ao SENHOR, dizendo:

16 - O SENHOR, Deus dos espíritos de toda a carne, ponha um homem sobre esta congregação,

17 - Que saia diante deles, e que entre diante deles, e que os faça sair, e que os faça entrar; para que a congregação do SENHOR não seja como ovelhas que não têm pastor.

Ordens a Josué – cerimônia de ordenação

Deus foi enfático ao orientar Moisés quanto ao prosseguimento da obra depois da sua partida dizendo-lhe que desse ordens a Josué, ordens a Josué, e anima-o, e fortalece-o; porque ele passará adiante deste povo, e o fará possuir a terra que tu apenas verás,.

Dt 3.28. Dar ordens aqui significa: investir de ordens, de autoridade, de autorização, de poder, de reconhecimento público, a fim de que o povo pudesse prestar-lhe obediência, respeito e consideração. Até então, a liderança do povo de Israel estava sob Moisés, mas com o aproximar do dia da sua morte, necessário era transmitir esse cargo a seu sucessor, e isso deveria ser feito em solenidade, especialmente:

1) imposição de mãos, Nm 27.18 - Então disse o SENHOR a Moisés: Toma a Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e impõe a tua mão sobre ele.

2) apresentação e ordenação pública, Nm 27.19 - E apresenta-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação, e dá-lhe as tuas ordens na presença deles.

3)imposição da glória ministerial, Nm 27.20 - E põe sobre ele da tua glória, para que lhe obedeça toda a congregação dos filhos de Israel.

22 - E fez Moisés como o SENHOR lhe ordenara; porque tomou a Josué, e apresentou-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação;

23 - E sobre ele impôs as suas mãos, e lhe deu ordens, como o SENHOR falara por intermédio de Moisés.

Ânimo

Tanto na Antiga Aliança quanto na Nova, a recomendação era que a pessoa diante de qualquer situação tivesse bom ânimo. Ânimo é disposição interior que faz a pessoa agir e reagir conforme a necessidade, sem se abater ou deprimir. Segundo o dicionário Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, ânimo é: Alma, espírito, mente, gênio, índole. Disposição resoluta e inalterável em face de situações difíceis, coragem, intenção, vontade, coragem, força.

Categorias de ânimos

O ânimo da pessoa pode ser trabalhado para melhor ou para pior, daí a orientação bíblica a desenvolver o bom ânimo e não o contrário. Assim, temos:

1) muito bom ânimo, Js 1.7;

2) bom ânimo, Mt 9.2;

3) melhor ânimo, At 24.10;

4) mal ânimo, Js 18.25;

5) duplo ânimo, Tg 4.8;

6) pouco ânimo, 1 Ts 5.14;

7) ânimo inexistente, Cl 3.21;

8) ânimo amargurado, Jó 3.20. No caso do milagre que acalmou a tempestade, a Bíblia, além de exigir bom ânimo, ainda o reforçou com a advertência Não temais, Mt 14.27 e Mc 6.50.

Clique aqui e acesse a segunda parte do estudo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
O Pregador
Sobre o O Pregador
Coluna destinada à Artigos e Notícias Gospel/Evangélicos
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 22h04 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 35°

27° Sensação
5.9 km/h Vento
72.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Quarta (03/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias