Domingo, 24 de Outubro de 2021
26°

Poucas nuvens

Rolim de Moura - RO

Polícia #Racismo

Vídeo: ‘Eu tenho ódio, eu sou racista e não suporto negro’, diz PM da reserva de SC

Polícia Civil instaurou inquérito para investigar policial da reserva por racismo; PMSC levará o caso para a Corregedoria-Geral

18/09/2021 às 22h07 Atualizada em 18/09/2021 às 22h22
Por: Redação Verguia Fonte: @ Redação com NDMais
Compartilhe:
@ Reprodução
@ Reprodução

Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC) instaurou nesta sexta-feira (17), um inquérito para investigar o policial militar da reserva de São Ludgero, no Sul de Santa Catarina, por crime de racismo.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Éder Matte, o homem das gravações é Hélio Martins, policial militar da reserva de Santa Catarina e morador do município no Sul do Estado.

No vídeo que circula na internet, Hélio Martins aparece gritando com uma mulher e falando “porque eu tenho ódio, porque eu sou racista, porque eu não suporto negro”, diz o agente da reserva.

Ainda segundo o delegado, a mulher que está filmando é sua ex-companheira.

Além dos relatos racistas, Hélio Martins ameaça agredi-la e ainda chama de “macaca”.

“O crime de ameaça é condicionado para representação, ou seja, a vítima precisa manifestar interesse em denunciar para que seja investigado”, explica o delegado Éder Matte que pretende escutar a vítima no início da próxima semana.

Conforme o delegado Éder Matte, responsável pelas delegacias de Braço do Norte e São Ludgero, as diligências policiais iniciaram na tarde desta sexta-feira (17) e será finalizada nos próximos dias para enviar para o poder judiciário.

Ainda segundo o delegado responsável pelas investigações, a mulher que está filmando é a ex-companheira do homem que, além dos relatos racistas, ameaça agredi-la e ainda a chama de “macaca”.

“O crime de ameaça é condicionado para representação, ou seja, a vítima precisa manifestar interesse em denunciar para que seja investigado”, explicou o delegado Éder Matte à reportagem do ND+.

A vítima deve ser ouvida no início da próxima semana.

O crime de racismo está previsto na lei nº 7.716/1989 e a pena máxima é de três anos de prisão.

Em nota, a PMSC afirma que o homem está na reserva desde 9 de março de 2016.

Além disso, conclui que o caso será encaminhado para a Corregedoria-Geral da PMSC.

À reportagem não identificou a defesa de Martins.

Assista ao vídeo:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rolim de Moura - RO Atualizado às 07h28 - Fonte: ClimaTempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 35°

Seg 31°C 25°C
Ter 30°C 23°C
Qua 35°C 22°C
Qui 34°C 26°C
Sex 34°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias