Verguia
UpArt 970x90
Viviane Oliveira
Anuncie aqui
teste
#Pronunciamento

Maia faz crítica contida a pronunciamento de Bolsonaro

Presidente da Câmara chamou fala de "equivocada" e pediu "medidas objetivas", mas foi bem menos incisivo do que o presidente do Senado

24/03/2020 22h01
Por: Redação Verguia
Fonte: Assessoria
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sentado a mesa durante café da manhã com jornalistas Igo Estrela /Metrópoles
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, sentado a mesa durante café da manhã com jornalistas Igo Estrela /Metrópoles

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), demorou duas horas para se posicionar sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em cadeia nacional de rádio e TV na noite desta terça-feira (24) – e, embora o tenha classificado como “equivocado” quando enfim se posicionou, adotou tom bem menos incisivo do que o do colega do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Em nota, o senador afirmou que o “país precisa de uma liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da população”.

“O momento exige que o governo federal reconheça o esforço de todos – governadores, prefeitos e profissionais de saúde – e adote medidas objetivas de apoio emergencial para conter o vírus e aos empresários e empregados prejudicados pelo isolamento social” prosseguiu Maia, com frases moderadas: .

Ao contrário da contenção de Maia, os senadores deram a entender que Bolsonaro não correspondeu às expectativas da população sobre o papel de liderança do chefe do Executivo em uma situação como essa.

“A Nação espera do líder do Executivo, mais do que nunca, transparência, seriedade e responsabilidade. O Congresso continuará atuante e atento para colaborar no que for necessário para a superação desta crise.”

No pronunciamento, em rede nacional, Bolsonaro pediu o fim do “confinamento em massa” e disse que a crise “logo passará”.

Ele criticou o fechamento de escolas - para ele, fato de a maioria das mortes serem de idosos justificaria o fim da medida de isolamento –, voltou a chamar a doença de “gripezinha” e atacou imprensa, governadores, a rede Globo e até o médico Dráuzio Varella, por causa de um vídeo de janeiro deste ano, com informações desatualizadas sobre o coronavírus.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 17h35
35°
Pancada de chuva Máxima: 35° - Mínima: 23°
39°

Sensação

6.4 km/h

Vento

62.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
UpArt 300x600
Viviane Oliveira
Camisetas
Pipa
Leo Envelopamentos
Waw cursos
Leo Pizzas
UpArt300x250
Municípios
Elson Moraes
Carlinhos frente
Othon Producoes
Carlinhos verso
Últimas notícias
Mais lidas