Quinta, 20 de Janeiro de 2022
33°

Pancada de chuva

Rolim de Moura - RO

Polícia #Julgamento

Mulher que matou pai com facada no pescoço e chamou a polícia irá a júri popular em RO

“Desde criança eu queria fazer isso, agora eu tive coragem, tive a oportunidade”

03/06/2021 às 16h13
Por: Redação Verguia Fonte: Redação com Folha do Sul On Line
Compartilhe:
Reprodução Arquivo
Reprodução Arquivo

O Juízo da Vara Única de Alta Floresta DOeste pronunciou e vai levar a julgamento a denunciada Márcia B., acusada de matar o pai, Mário B., com uma facada no pescoço.

O crime ocorreu na manhã de 14 de janeiro desse ano, na residência da vítima, localizada na Linha 47,5, saída para Nova Gease, km 02, zona rural da cidade.

O crime aconteceu a 528,0 km da capital Porto Velho RO

Márcia, 33 anos, chegou a dizer na delegacia que foi vítima de abuso sexual por parte do pai quando era menor, além de ter ameaçado de morte seu marido, e que a morte dele significou um alívio para a família.

Ela foi presa em flagrante e continuará nessa situação até a data do julgamento, que ainda não foi marcado.

Márcia vai responder pelo crime de homicídio qualificado (motivo fútil, à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido).

A vítima tinha 62 anos e foi surpreendida pela ação da filha, que simulou estar precisando de sua motocicleta.

Segundo a Polícia Civil, a acusada primeiro desferiu um golpe de capacete na cabeça do pai. Este caiu por cima da motocicleta.

Márcia aproveitou e matou o pai por esgorjamento (golpe profundo na garganta).

No dia anterior ao crime, a acusada afiou a arma do crime, premeditando a ação criminosa que se consumou.

O policial militar que atendeu a ocorrência disse que recebeu o telefonema da própria acusada dizendo:

“Matei meu pai, e estou aqui esperando”.

Bastante alterada, Márcia ainda dizia“desde criança eu queria fazer isso, agora eu tive coragem, tive a oportunidade” e ainda, “se eu não fizesse isso ele iria matar o meu marido”.

O depoimento desse policial foi um tanto sinistro. Segundo ele, após a morte da vítima, ficou sabendo de que o senhor Mário já havia cavado quatro covas no cemitério (para enterrar os filhos e o genro) e que um dos filhos dele, que parece ter problemas mentais, disse também ter sido abusado pelo pai quando criança.

De acordo com o mesmo policial, uma irmã da vítima, que chegou de Rolim de Moura, relatou que o motivo do crime seria um dinheiro que e o irmão se negou a dar à filha assassina.

Fonte: Rondônia Dinâmica

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alta Floresta D'Oeste - RO
Sobre o município Notícias de Alta Floresta D'Oeste - RO
Rolim de Moura - RO Atualizado às 13h05 - Fonte: ClimaTempo
33°
Pancada de chuva

Mín. 25° Máx. 34°

Sex 33°C 25°C
Sáb 35°C 24°C
Dom 36°C 24°C
Seg 36°C 24°C
Ter 33°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias