Verguia
Viviane Oliveira
Marmita Fit
Anuncie aqui
Ataque

Após pedir a morte de evangélicos na Bolívia, professor tem conta deletada no Twitter

Para o Professor os evangélicos estão apoiando oposição a Evo Morales e, com isso, estão sendo alvo de ataques da esquerda

11/11/2019 23h38
Por: Redação Verguia
Fonte: Redação com Redes Sociais
Reprodução
Reprodução

O professor de Jornalismo da Universidade Federal Fluminense Pedro Aguiar escreveu uma mensagem de ódio no Twitter pedindo a morte de “fascistas e evangélicos” da Bolívia pela renúncia de Evo Morales.

A mensagem dizia:

“Claro que prefiro a paz, mas neste contexto concreto na Bolívia, torço ferrenhamente para que forças da resistência peguem em armas e matem a tiros os fascistas e evangélicos que tentam destruir o país. Fascistas não têm direito a vida”, escreveu.

Criticado, o professor respondeu apenas apoiadores e em uma das respostas reafirmou sua posição de que “fascista não merece viver”.

Com muitas denúncias, a mensagem do professor foi deletada pelo Twitter e a conta foi desativada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 12h05
27°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 25°
28°

Sensação

12.5 km/h

Vento

62.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Promoções em serviços
Leo Pizzas
Viviane Oliveira
Waw cursos
Pipa
Leo Envelopamentos
Municípios
Carlinhos verso
Othon Producoes
Carlinhos frente
Elson Moraes
Últimas notícias
Mais lidas