Verguia
Pedir Música Chat
Segunda, 01 de Março de 2021 03:10
+55 69 9 8432 5660
Geral #Natureza

Nuvens produtoras de chuva, granizo, raios, e até tornados se formaram na Bahia

No seu estágio maduro, o topo é constituído de cristais de gelo, enquanto a base é constituída de gotículas d'água.

25/01/2021 22h10
Por: Redação Verguia Fonte: Redação com Maykon
Reprodução. Arquivo Maycon
Reprodução. Arquivo Maycon

No último dia 13/01/2021, pode-se observar nuvens de trovoadas (Cumulonimbus) que se formaram pela tarde na região de Santo Estevão (a 99.84 km da capital salvador BA), Elas se formaram bem isoladas da cidade, por isso, não foi possível ouvir as trovoadas.

Essas nuvens Cumulonimbus são as mais perigosas nuvens.

Suas dimensões horizontais e verticais são tão grandes que sua forma característica só pode ser vista claramente à longa distância (por isso o fato de serem vistas a até 400 km de distância, dependendo das condições do tempo).

Elas produzem chuva, granizo, raios, e até tornados.

São bastante convectivas (ou seja, crescem muito verticalmente), e essas nuvens podem a estratosfera (chegando a 23 km em casos extremos), mas, elas crescem em média até 15 km de altitude.

No seu estágio maduro, o topo é constituído de cristais de gelo, enquanto a base é constituída de gotículas d'água.

Quando o topo, chamado de bigorna ou anvil, para de se desenvolver, se separa do núcleo da Cumulonimbus, e expande-se até dissipar-se completamente, o que pode levar horas.

A forma lisa da bigorna das Cumulonimbus é causada pelos ventos em linha reta em altitudes mais elevadas, que cortam o topo da nuvem, e também por uma inversão sobre a tempestade, causada pelo aumento da temperatura acima da troposfera.

A essa bigorna, "solta" ou ainda conectada na nuvem, se dá o nome de "Cirrus spissatus cumulonimbogenitus" (Cirrus = tipo de nuvem; spissatus = espessa, densa; genitus = originado de; cumulonimbo = a nuvem Cumulonimbus), ou seja, Cirrus geradas por uma Cumulonimbus.

A maioria das células dessa nuvem morre depois de aproximadamente 20 minutos, quando a precipitação faz com que as correntes ascendentes que alimentam a tempestade cessem, fazendo com que a energia se dissipe.

No entanto, se houver bastante energia solar na atmosfera (em um dia quente de verão, por exemplo), uma célula de tempestade pode evaporar-se rapidamente, resultando em uma nova célula, que se forma a poucos quilômetros da antiga. Isso pode causar temporais por várias horas.

As Cumulonimbus não têm tempo certo para ocorrer, podendo ser a qualquer hora do dia ou da noite e ao longo de todo o ano.

Segundo uma pesquisa a cada momento, aproximadamente 1.800 Cumulonimbus estão em desenvolvimento em torno do planeta.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 03h57 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 31°

24° Sensação
9.3 km/h Vento
98.2% Umidade do ar
90% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (02/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias