Verguia
Pedir Música Chat
Domingo, 17 de Janeiro de 2021 05:44
+55 69 9 8432 5660
Agro Negócios #Agro_2021

Presidente da França faz grande afirmação falsa contra o Brasil.

Em uma recente entrevista, Emmanuel Macron falou que “Continuar a depender da soja brasileira seria endossar o desmatamento da Amazônia

13/01/2021 22h56
Por: Redação Verguia Fonte: Ivanildo Maia - Escritórios Licenciar
Crédito: Reprodução/Ivanildo Maia
Crédito: Reprodução/Ivanildo Maia

Na visão do gestor de projetos Ivanildo Maia que também é analista de safras e alinhador de produção dos escritórios Licenciar que atendem toda a região Norte do Brasil.

Declarações como as de Emmanuel Macron – presidente da França - não acrescentam em nada que ajude desenvolver os trabalhos do Agro no Brasil. afirmou! São falsas e infundadas e o mais grave de tudo, sem dados que comprovam o devaneio de Macron. 

Em uma recente entrevista, Emmanuel Macron falou que 

“Continuar a depender da soja brasileira seria endossar o desmatamento da Amazônia. Nós somos coerentes com nossas ambições ecológicas, lutamos para produzir soja na Europa” Emmanuel Macron.

Desde 2008 a produção de grãos no Brasil são feitas em terras regularizadas e sem desmatamento.

Acompanhada por todos os órgãos de fiscalização responsáveis.

“São declarações falsas a do presidente da França, mas convencerão muita gente no Brasil e no exterior em razão da forma como o governo Bolsonaro minimizou a importância das queimadas na Amazônia e no Pantanal. O governo brasileiro vem dando a desculpa perfeita para inflar o protecionismo comercial do agronegócio europeu a partir de uma preocupação ecológica à qual à sociedade europeia é, corretamente, muito sensível.” Twittou Maia:

Maia lembrou que no ano passado, o Brasil exportou mais de US$ 35 bilhões em soja, a metade para a Europa, mas as vendas para a Europa já caíram mais de 10%.

Além de suas consequências negativas para o próprio meio-ambiente, o discurso e algumas políticas ambientais equivocadas do governo brasileiro já estão custando milhares de empregos no agronegócio e custarão muito mais se não forem revertidos.

A pandemia reduziu, temporariamente, o foco de questões ambientais. À medida que ela seja controlada, a importância destas questões vai voltar com tudo e o agronegócio brasileiro e o país serão penalizados se o governo continuar a dar desculpas para inflar o protecionismo de quem não consegue competir com o agronegócio brasileiro.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Agro Gestão
Sobre Agro Gestão
Ivanildo Maia, Gerente do Escritorio Licenciar, região norte, Gestor de Projetos e Analista de Safras. Estará trazendo sempre as informações sobre o agro negócio na região norte e no Brasil.
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 06h28 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 33°

24° Sensação
12.1 km/h Vento
96.2% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias