Verguia
Pedir Música Chat
Sexta, 22 de Janeiro de 2021 11:32
+55 69 9 8432 5660
Rondônia #Falta

Tomar cerveja nas festas natalinas pode “descer quadrado” no final de ano no Cone Sul

“está faltando cervejas há quase três meses no mercado”…

30/11/2020 16h47 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Verguia Fonte: Redação com Folha do Sul On Line
Foto: Reprodução/Folha do Sul Online
Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

A falta de matéria-prima importada para a fabricação de cervejas pode deixar as festas de final de ano dos moradores do Cone Sul de Rondônia ainda mais salgada.

Como se já não bastasse à dificuldade que muitos terão para reunir familiares e amigos nas ceias de natal e virada de ano, a escassez da gelada mais popular do Brasil promete deixar muitas gargantas secas.

Com menos de um mês do natal, as distribuidoras de bebidas do Cone Sul já estão sofrendo com a dificuldade em atender aos pedidos de cervejas, recebendo dos revendedores sempre a mesma justificativa de que falta matéria-prima, que seria reflexo da crise sanitária que assola o mundo e que as “poucas” remessas fabricadas acabam ficando nos estados onde se localizam as indústrias, não conseguindo atender a demanda dos mais distantes, como é o caso da região Norte.

A equipe reportagem do Folha do Sul On Line falou com os proprietários das principais distribuidoras de bebidas de Vilhena, Colorado, Cerejeiras e Cabixi onde a queixa é a mesma: “está faltando cervejas há quase três meses no mercado”.

Com um baque significativo nas vendas, que somam quase 80% dos lucros, os proprietários se mostram preocupados, pois o consumo de energia se mantém o mesmo com a conservação das demais bebidas, porém, estas sozinhas não pagam as contas das empresas.

No ramo a 15 anos, o proprietário da distribuidora de bebidas mais popular de Colorado afirmou que nos finais de dezembro sempre é comum faltar cervejas por causa da demanda, que aumenta significativamente, e as vezes os estoques da empresa não suportam, mas por falta do produto, ainda mais nos meses que antecedem o Natal, esta é a primeira vez que presencia tal fato.

Para se virar, alguns empresários de Vilhena estão realizando compras em Manaus (AM), onde o produto é entregue em Porto Velho e eles precisam pagar fretes caros.

Isso acaba gerando outro problema para o consumidor, que é o aumento do preço da bebida quando vai para as gôndolas. Dentre as marcas que mais tem faltado no mercado estão a Heineken e outras marcas consideradas “especiais”.

Com isso, quem já estava assustado com o preço do arroz e não fica sem uma cervejinha, deve preparar o bolso, pois se a produção não voltar ao normal nos próximos dias, “cervejas terão que ser compradas por dose”.

Fonte: Folha do Sul Online

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vilhena - RO

Vilhena - Rondônia

Sobre o município
Vilhena é um município brasileiro do estado de Rondônia. Sua população foi estimada em 99.854 habitantes, segundo dados de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo o quarto município mais populoso de Rondônia PIB per capita (IBGE/2018): R$ 23.055,20 Municípios limítrofes: Chupinguaia, Pimenta Bueno. Altitude: 615 m Pib (IBGE/2015): R$ 1.824 367,69 mil
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 12h13 - Fonte: Climatempo
27°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 33°

29° Sensação
10.9 km/h Vento
79.5% Umidade do ar
90% (11mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias