Verguia
Pedir Música Chat
Quinta, 03 de Dezembro de 2020 02:57
+55 69 9 8432 5660
Dólar comercial R$ 5,24 0.268%
Euro R$ 6,34 +0.71%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.07%
Bitcoin R$ 105.579,41 -0.354%
Bovespa 111.878,53 pontos +0.43%
Brasil #Saúde

Doria agradece Anvisa por aprovação da "vacina mais promissora do mundo"

Bolsonaro, porém, chegou a cancelar um acordo de compra de 46 milhões de doses da Coronavac por parte do Ministério da saúde.

28/10/2020 20h00 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Verguia
Doria comemora aprovação dos insumos da Coronavac, que será produzida no Instituto Butantan. Divulgação
Doria comemora aprovação dos insumos da Coronavac, que será produzida no Instituto Butantan. Divulgação
source

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), publicou em seu twitter uma mensagem de agradecimento à Anvisa pela autorização dada à importação da matéria-prima chinesa para a produção da Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

"Agradeço a Anvisa pela aprovação da importação da matéria-prima para a produção nacional da vacina contra a covid-19. Desta forma, poderemos produzir a CoronaVac aqui em São Paulo, no Instituto Butantan, que há 120 anos presta serviços ao país e produz vacinas para os brasileiros", escreveu.

A solicitação para aprovação foi feita há um mês, em 23 de setembro. À época, a Agência afirmou que daria uma resposta em cinco dias úteis.

Com a demora, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, chegou a reclamar com a instituição.

"Não vamos mais cumprir o prazo de entregar 46 milhões de doses no final de dezembro . Então, isso nos preocupa muito e eu apenas solicitei à Anvisa que agilizasse esse processo, porque o interesse na vacina é um interesse nacional, é um interesse de todos os brasileiros", declarou Dimas Covas no último dia 22.

Impasse com o Ministério da Saúde

O imunizante produzido em parceria com a Sinovac ainda está na fase de estudos de eficácia, não tendo ainda previsão de registro aprovado pela agência federal. O governo de SP, porém, espera que o Ministério da Saúde se comprometa a distribuir a vacina, assim que regularizada, à toda população.

Bolsonaro, porém, chegou a cancelar um acordo de compra de 46 milhões de doses da Coronavac por parte do Ministério da saúde.

O presidente afirmou que não era necessário "ter pressa" para comprar imunizantes e  questionou se não seria "mais barato investir na cura do que na vacina".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Vida e Saúde
Sobre Vida e Saúde
"Um sonho é apenas um desejo, até o momento em que você começa a atuar sobre ele, e propõe-se a transformá-lo em uma meta."
Rolim de Moura - RO
Atualizado às 03h45 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 34°

24° Sensação
9 km/h Vento
78.7% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias