Domingo, 23 de Junho de 2024
19°C 34°C
Rolim de Moura, RO
Publicidade

Jovens missionários e uma terceira pessoa foram mortos por gangues no Haiti.

A notícia foi divulgada nesta sexta-feira pelos familiares das vítimas e pela organização religiosa à qual pertenciam.

29/05/2024 às 12h42
Por: Héliton Batista Fonte: @ Redação com Guiame
Compartilhe:
@ Reprodução Arquivo Redes Sociais
@ Reprodução Arquivo Redes Sociais

Um casal de missionários americanos foi assassinado por membros de gangues criminosas em Porto Príncipe, capital do Haiti, após serem sequestrados ao deixarem uma atividade de jovens em uma igreja local.

A notícia foi divulgada nesta sexta-feira pelos familiares das vítimas e pela organização religiosa à qual pertenciam.

Uma terceira pessoa também foi morta durante o ataque, ocorrido na noite da última quinta-feira (23), na comunidade de Lizon, ao norte de Porto Príncipe.

As vítimas foram identificadas como Davy e Natalie Lloyd, segundo postagem no Facebook de Ben Baker, pai de Natalie e deputado estadual do Missouri.

A terceira vítima, identificada pela mídia americana, foi Jude Montis, diretor haitiano do grupo religioso. Em uma publicação no Facebook, a organização Missões do Haiti afirmou que as mortes ocorreram por volta das 21h no horário local (22h em Brasília).

“Meu coração está em pedaços”, escreveu Baker nas redes sociais.

Nunca senti essa dor antes. A maioria de vocês sabe que minha filha e meu genro, Davy e Natalie Lloyd, eram missionários em tempo integral no Haiti. Eles foram atacados por gangues esta noite e ambos foram mortos. Eles foram juntos para o Céu.”

O perfil de Natalie no Facebook mostrava que o casal se casou em junho de 2022 e que ela começou a trabalhar com a organização missionária em agosto do mesmo ano. Natalie frequentemente postava fotos de crianças haitianas em sua página.

A Missões do Haiti publicou que o casal foi emboscado por uma gangue composta por três caminhões cheios de homens quando deixava uma igreja.

Ainda não se sabe qual gangue foi responsável pelo crime.

No entanto, a AP informou que a área é controlada por um líder criminoso conhecido como Chyen Mechan (“cão mau” em crioulo haitiano), cujo nome verdadeiro é Claudy Célestin, um ex-funcionário do Ministério do Interior do Haiti.

Outra figura influente na região é General Jeff. Ambas as gangues fazem parte da coalizão Viv Ansanm (“Viver Juntos”).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
O Pregador
Sobre o blog/coluna
Coluna destinada à Artigos e Notícias Religiosas.
Ver notícias
Rolim de Moura, RO
28°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 34°

28° Sensação
2.05km/h Vento
46% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h24 Nascer do sol
06h51 Pôr do sol
Seg 35° 20°
Ter 36° 20°
Qua 37° 21°
Qui 37° 21°
Sex 35° 23°
Atualizado às 18h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 362,980,41 -1,29%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias