Domingo, 23 de Junho de 2024
19°C 34°C
Rolim de Moura, RO
Publicidade

Polícia estima que homem conhecido como “Dinamar das Crianças” violentou 500 garotas

‘Não entendia se era normal, ou se era só comigo’, relata mulher abusada por padrasto na infância

14/05/2024 às 16h51
Por: Héliton Batista Fonte: @ Redação com R7
Compartilhe:
Dinamar das Crianças é preso e condenado a 113 anos de cadeia (REPRODUÇÃO/RECORD)
Dinamar das Crianças é preso e condenado a 113 anos de cadeia (REPRODUÇÃO/RECORD)

O Cidade Alerta trouxe mais detalhes sobre a prisão de Dinamar Pereira de Resende, conhecido como “Dinamar das Crianças”, por trabalhar como palhaço em festas infantis. Ele foi acusado de cometer crimes sexuais contra meninas em Várzea da Palma (MG).

Após a denúncia de seis mulheres e duas crianças, a polícia prendeu o homem, que foi condenado a 113 anos de prisão por abusar sexualmente de cerca de 500 meninas ao longo de 30 anos, de acordo com a estimativa da polícia.

As vítimas relatam que ele usava sua influência na região para cometer os crimes. O caso veio à tona em 2019, quando uma vítima de 26 anos relatou a violência sexual que teria sofrido do homem.

Na época do abuso, ela tinha somente nove anos. A moça também contou a situação nas redes sociais, e a partir dessa atitude, outras mulheres também o denunciaram.

Ana Luiza França, advogada do caso, representa as vítimas há cinco anos, mas foi procurada primeiro pelo criminoso.

“Quando vi como estavam as denúncias, não me senti confortável para atuar”, contou.

A mulher disse, ainda, que pouco tempo depois as vítimas entraram em contato para serem defendidas por ela.

Silmara Alves Soares, enteada de Dinamar, foi uma das garotas abusadas pelo palhaço, e revelou que o criminoso dizia que ninguém podia fazer as mesmas coisas que ele.

“Eu não entendia se era algo normal de acontecer com outras crianças, ou se era só comigo”, desabafou a vítima.

Segundo as investigações, o homem também agia pelas redes sociais e conversava com garotas por aplicativos de mensagem. Em capturas de tela relevadas pela vítima, o homem chegou a oferecer R$ 1 mil para ela enviar fotos de quando era criança.

Foragido desde abril deste ano, Dinamar foi encontrado em Belo Horizonte (MG) e se apresentava com o nome falso de “João Pedreiro”.

A polícia encontrou o criminoso após uma denúncia anônima, e o rapaz foi detido.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rolim de Moura, RO
28°
Tempo limpo

Mín. 19° Máx. 34°

28° Sensação
2.05km/h Vento
46% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h24 Nascer do sol
06h51 Pôr do sol
Seg 35° 20°
Ter 36° 20°
Qua 37° 21°
Qui 37° 21°
Sex 35° 23°
Atualizado às 18h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 365,721,68 -0,55%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias